Tuishou

Empurrar com as mãos

 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

O video acima é uma demonstração do Mestre Jan Silberstorff e do Instrutor Jader Brito que abrange a quase totalidade do treinamento de tuishou não competitivo. Os primeiros exercícios são simples e não exigem um preparo físico especial, mas o Da Lu – em que a base é bastante baixa – além de mais complexo, demanda força e flexibilidade para que possa ser executado de moodo producente.

Segundo o Grão-Mestre Chen Xiaowang, todos os erros cometidos na execução da forma aparecerão no Tuishou. Por isto sua prática é tão importante: ele é a medida concreta do progresso do seu treinamento. Existem duas formas, geralmente falando, de praticar Tuishou.
A primeira é o modo cooperativo, visto acima, em que os praticantes seguem uma rotina de movimentos pré-estabelecida. Esta prática visa desenvolver as qualidades necessárias para aplicar o Taijiquan (tai chi chuan) na realidade. A última das variações mostradas no video é de movimentos livres: embora não seja uma competição, os participantes têm a liberdade de mudar os movimentos, sem seguir uma coreografia estabelecida.
A segunda forma é o modo competitivo, em que os praticantes tentam derrubar um ao outro.