Paulo Lima

Instrutor

 
 

Paulo Lima

Rio de Janeiro, RJ

(21) 99673-4791

}

Horários

2ª, 4ª e 6ª
8:15 às 9:30h

3ª e 5ª
20:15 às 21:30h

Comecei a praticar artes marciais com cinco anos de idade, com o Judô, modalidade que praticaria até os 23 anos. Em seguida treinei Boxe ocidental, Shaolin Norte, Karate estilo Wado Ryu e Karate olímpico, passando ao Karate Tradicional no ano de 2001. Obtive também graduação em Jiujitsu e Iaido. No ano de 2008 comecei a treinar Taijiquan (tai chi chuan) estilo Chen com o Professor Mario Gusmão Neto, passando a frequentar os seminários do Mestre Chen Yingjun e Jan Silberstorff. Recentemente participei de seminário na Argentina com o Técnico-Chefe da escola de Chenjiagou, Chen Ziqiang.

Os Mestres que orientam tecnicamente os associados da WCTA são as pessoas mais fortes que já encontrei em toda a minha vida. Impressionam pela força e pela serenidade. Seus seminários regulares incrementam o Kung Fu individual dos participantes e trazem o sopro da ancestralidade chinesa para nossa prática diária.

Cerca de dois meses depois de ter começado a treinar o Taijiquan estilo Chen, no ano de 2008, já fui ao meu primeiro seminário, ministrado pelo Mestre Chen Yingjun. Este primeiro seminário com tão pouco tempo de treino foi vital para que eu perseverasse no treino deste estilo. Conhecer um Mestre de nível tão alto como o Mestre Yingjun gerou um impacto sobre minha prática e minha vida. Desde o ano de 2008, venho participando de todos os seminários ministrados por ele, menos o de 2013.

A orientação e apoio prestados pela WCTA já eram, por si só, motivos mais do que suficientes para que eu permanecesse no estilo, quando conheci, em 2011, o Mestre Jan Silberstorff, outro grande impacto na minha vida. Altamente técnico, poderoso e cartesiano, o Mestre Silberstorff trouxe aquela pitada de ocidentalidade ao treinamento, fazendo com que eu me decidisse a prestar o exame para o Nível 1 no mesmo ano. Em 2012, participei do II Rio Open Taichi Festival, sendo premiado na categoria Demonstração por Equipe, e campeão no Tui Shou. Foi uma emoção incrível pois a metodologia de treinamento começava a dar frutos.

Em janeiro de 2016, passei por exame de certificação de nível 2, feito pelo Mestre Jan Silberstorff, passando então a figurar como Instrutor Senior (nível 2) nos quadros da WCTA-Br. O exame de certificação é um momento marcante na história do praticante. No meio de um seminário intenso, com aulas de tuishou, laojia e ensinamentos teóricos, o exame traz maior profundidade e amplitude no conhecimento adquirido, constituindo um elemento essencial à evolução do praticante.

O que mais me impressionou no Taijiquan estilo Chen, a despeito de toda arte marcial externa que já pratiquei, é que, em pouco tempo, me senti mais forte, preparado mentalmente e estabilizado emocionalmente do que em todas as formas de luta que já pratiquei. Passei a buscar então a origem daquela sensação, a fonte daquela força.

Fale com o Paulo

12 + 9 =